Publicado na 28 de junho de 2016

No entanto, para especialista e autor de livro da Cengage Learning, Antonio Munhoz, método exige que professor se prepare, dedicando tempo maior para racionalizar processos pedagógicos.

________________________________________________________________________________

Oriundo do ensino de Ciências da Saúde, o aprendizado baseado em problemas (ABP) já tem sido adotado em todas as áreas do conhecimento acadêmico. A técnica é uma ferramenta valiosa no ambiente educacional, pois estimula o aluno a tornar-se agente ativo na busca por conhecimento, em vez de se acomodar, simplesmente, como receptor das informações do docente.

Para Antonio Siemsen Munhoz, especialista em tecnologia educacional pelo grupo SPEI (Sociedade Paranaense de Ensino e Informática) e em educação a distância pela UFPR, a ABP exige que o professor estude um pouco mais a fundo a sua disciplina. “Ela deve estar associada a um projeto instrucional que racionalize o processo de ensino e aprendizagem. Dentre deste contexto, essa forma de educar facilita a absorção de diversos paradigmas diferentes, como aprendizagem em grupo ou aprendizagem significativa, desenvolvida de forma colaborativa. Ela traz uma série de boas novidades para o uso de educação, para proporcionar cursos de melhor qualidade”, explica.

Munhoz defende também que esse método pode ser aplicado, inclusive, no Ensino a Distância (EaD). Segundo ele, a ABP lança mão de tecnologias de realidade virtual para tornar-se ainda mais eficiente. “A EaD pode ser aplicada em qualquer cenário. Temos hoje a presença conectada, que são as videoconferências; o blended learning, que é a aprendizagem mista; e temos ambientes de imersão total virtual. Em todos esses casos, a ABP exige pequenas adaptações, mas pode ser utilizada em um único modelo de curso, para diversas abordagens.”

Em 2015, a Cengage Learning lançou a obra ABP – A aprendizagem baseada em problemas em ambientes virtuais de aprendizagem, assinada pelo educador. No livro, ele propõe o desenvolvimento de um novo modelo educacional que privilegie a valorização da qualidade do ensino e da aprendizagem ao fazer uso das tecnologias para a educação. Tratar da aplicação da metodologia ABP em ambientes virtuais e apresentar uma abordagem interativa são alguns dos diferenciais do livro.

A Cengage Learning disponibiliza, gratuitamente, o primeiro capítulo deste lançamento em: http://goo.gl/KVdVFW. O livro está disponível nas melhores livrarias do País.