Publicado na 30 de maio de 2011

O seguinte post foi publicado por Guilherme Freitas no Blog da Comunicação no dia 27 de Maio de 2011:

“[…] A obra foi escrita pela Professora Lícia Egger-Moellwald, doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, mestre em Comunicação e Mercado, diretora da INTRA Consultoria Empresarial e professora na Universidade Anhembi Morumbi.
O foco da obra é analisar o real e a ficção dentro do mundo corporativo, fazendo um levantamento sobre as técnicas e ferramentas utilizadas pelas empresas para obter o melhor de seus funcionários. É uma reflexão de como as empresas constroem e aperfeiçoam sua comunicação. A primeira parte do livro aborda a falta de preocupação das empresas com o papel da comunicação no meio corporativo. Egger-Moellwald resume em poucas páginas o assunto.
A segunda parte relata o mundo dos executivos e como eles utilizam suas técnicas para obter o melhor desempenho de seus funcionários. Aqui ela analisa a estratégia das empresas em utilizar a comunicação como ficção, fazendo com que os funcionários acreditem que trabalham na melhor empresa do mundo. Por fim, a autora analisa o comportamento humano partindo do paradoxo estabelecido entra a comuinicação formal e informal. Além de mencionar termos específicos e essenciais para linguagem acadêmica, a autora também consultou grandes nomes da comunicação corporativa na hora de escrever o livro. Resumindo, trata-se de um livro ideal para que comunicadores saberem as diferenças entre o mundo real e irreal de suas empresas.[…]”