Publicado na 4 de agosto de 2015

A biblioteca Oliveira Lima ou Oliveira Lima Library (OLL), uma das mais raras e exclusivas coleções de materiais luso-brasileiros, foi a principal novidade apresentada pela Cengage Learning no XXVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 2015 (CBBD), um dos principais encontros do Brasil voltado a bibliotecários. Além da OLL, a empresa levou ao evento outras quatro plataformas: Gale Virtual Reference Library (GVRL), Business Insights Global, Academic One File e Cengage Digital Library (CDL).

No final de 2014 a Cengage Learning adquiriu os direitos de digitalizar os panfletos da OLL, que estavam disponíveis apenas na Universidade Católica da América, em Washington (EUA). Os  conteúdos abrangem temas da história luso-brasileira como colonialismo, período de independência do Brasil, escravatura e abolição, igreja católica, povos indígenas, imigração, ecologia, agricultura, desenvolvimento econômico, medicina e saúde pública, relações internacionais e literatura brasileira e portuguesa.

Disponibilizar conteúdos por meio de bibliotecas digitais é uma forma de tornar a aprendizagem mais interessante para estudantes habituados com a tecnologia. “A nova geração fica mais disposta a se engajar nos estudos ao realizar atividades em ambientes digitais. Essas plataformas reúnem informações para pesquisas da pré-escola ao pré-vestibular”, ressalta Eduardo Monaco, Gerente de Soluções Educacionais da Cengage Learning.

Com as bibliotecas digitais, além dos conteúdos para pesquisas e estudos, as instituições podem administrar empréstimos e devoluções de e-Books a seus usuários por meio de computadores, smartphones ou tablets.  Esse tipo de plataforma possibilita o empréstimo de capítulos (e-chapter), disponível para alguns títulos do portfólio, de acordo com as necessidades dos leitores. A vantagem é que além de funcionar ininterruptamente, são atendidos mais alunos e professores de uma só vez em comparação a uma biblioteca tradicional.