Silvio Celestino

ISBN-13: 9788522126019

© 2017

224 Páginas

Preço: Sob consulta

Se você deseja transformar-se em líder, esse livro é para você. É comum o profissional ser promovido sem nunca ter feito um curso, um processo de coaching ou ter acessado conhecimento relevante, organizado e prático sobre liderança. Como resultado, torna-se um causador de problemas, em vez de ser a pessoa responsável por encontrar soluções. Esse livro preenche essa lacuna. Liderança é, acima de tudo, uma prática que deve ser desenvolvida com metodologia, mas sempre dentro de um contexto específico: o contexto que você vivencia. Este livro foi escrito a partir da experiência de mais de uma década, de Silvio Celestino, na formação de líderes executivos e empre- sariais no Brasil e no exterior, aliado às melhores práticas, sobre o tema, reconhecidas internacionalmente.

Um líder bem formado será, junto a sua equipe, um solucionador de problemas para a empresa e seus clientes, e também, para sua carreira no longo prazo. Acima de tudo, é alguém capaz de transformar a si mesmo continuamente e de apoiar outros a transformarem-se em novos líderes.

Quatro aspectos que fazem ” O líder Transformador”se destacar entre as obras que existem no mercado sobre gestão de negócios e liderança:

  • Linguagem Didática – própria de um coach acostumado a fazer com que as pessoas aprendam por meio de reflexões – repleto de perguntas e provocações que estimulam o leitor a praticar um estilo de liderança mais saudável;
  • A abrangência do público-alvo – o autor expõe com maestria exemplos de situações de aprendizado que são interessantes tanto para quem está no topo da liderança como para aquele que está inciando a carreira de líder.
  • A profundidade da proposta– o autor vai além da mudança – para um líder mudar é pouco. Uma liderança tem que transformar, pois a transformação não tem volta. A liderança concreta, eficaz, é a que transforma e gera resultados sólidos, consistentes e duradouros.
  • O grande alerta do autor– a necessidade fundamental da criação de um propósito, seja para quem já é um alto executivo ou para uma lidernaça de primeira viagem. Quando o gestor não estabelece um propósito, ele não dá um norte para sua equipe, criando um ambiente em que as pessoas trabalham apreensivas, inseguras, relutantes e pouco comprometidas.