Publicado na 4 de agosto de 2015

Edições na íntegra da revista estão disponíveis gratuitamente na internet, pelo Portal de Periódicos da Capes, e abordam temas atuais e relevantes. 

Desde o final de 2014, o sudeste enfrenta uma das piores crises hídricas da história e os debates sobre o uso dos recursos naturais vêm se tornando mais intensos. No entanto, alguns estados brasileiros vivenciam essa realidade há décadas. A revista National Geographic já estampava há cinco anos, na capa, matérias sobre a importância de práticas mais sustentáveis. As edições da publicação estão disponíveis no Portal de Periódicos da Capes, em http://goo.gl/aVff4m, devido a uma parceria entre National Geographic Learning | Cengage Learning, responsável pela digitalização dos conteúdos, e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A revista National Geographic apresenta dados e auxilia o leitor a pensar criticamente em como preservar os recursos naturais.  Em 2011, o título foi responsável por um especial sobre o potencial hídrico do Brasil no século XXI, já que o país detém mais de 11% de toda a água doce do mundo e menos de 3% da população global. Isso significa que cada brasileiro teria 34 milhões de litros de água à disposição por ano, considerando-se toda a reserva, incluindo lagos, rios e aquíferos.   O consumo per capita dos brasileiros, nas últimas décadas, mais que dobrou. Sofremos um colapso devido aos excessos e à falta de infraestrutura, pois cada um utiliza em média 132 litros de água por dia, enquanto que a média considerada suficiente pelas Organizações das Nações Unidas é de 110 litros/dia. Atualmente, só na cidade de São Paulo e arredores, são quase 20 milhões de pessoas em constante ameaça de falta de abastecimento, já que os reservatórios estão com o armazenamento muito abaixo da média. A crise hídrica também traz problemas energéticos, já que 68% da água barrada em matrizes hidrelétricas vêm dos rios. Se não há chuvas em abundância e os rios não suprem essa demanda, as tarifas de energia aumentam e pesam no bolso dos brasileiros. A publicação já abordou o tema em 2009, com dicas de como poupar energia elétrica com pequenas medidas dentro de casa que, somadas, reduzem o consumo em 25%.  Acesse as edições da National Geographic no Portal de Periódicos da Capes, em http://goo.gl/aVff4m.