Publicado na 19 de dezembro de 2011

Hoje iremos apresentar uma resenha crítica do livro “E-turismo: internet e negócios do turismo“, como parte da nossa parceria com a Editora Cengage Learning. O livro tem autoria de André Sathler Guimarães e Marta Poggi e Borges. André é economista, doutor em Filosofia e atualmente é diretor da Faculdade de Gestão e Negócios da Universidade Metodista de Piracicaba. Já Marta é mestre em Ciências da Comunicação e professora/pesquisadora da Unimep. O livro analisa em profundidade as mudanças na sociedade, com ênfase no turismo, a partir da introdução das novas tecnologias de informação e comunicação, particularmente a internet. Aborda também os processos de digitalização, comércio eletrônico e e-turismo, com assuntos modernos e instigantes, como realidade virtual, realidade ampliada, blogs e sites. Este livro é indicado para profissionais do setor de turismo e também para quem atua com a internet.
O livro conta com seis capítulos. O primeiro é dedicado a tecnologia e a nova realidade dos negócios turísticos na web. A dupla foca no fato de como campanhas turísticas bem executadas podem ter um excelente retorno para o mercado. No capítulo seguinte os autores escrevem sobre a informação turística na internet, citando a cada vez mais frequente presença de hotéis e agências de turismo na web e a proximidade deles com os clientes. Já no capítulo 3 é citada a importância da internet como um forte canal de distribuição de material turístico, com destaque para o comércio eletrônico.
A seguir, no capítulo 4, os autores comentam algo cada vez mais comum atualmente: o atendimento aos clientes na internet. Hoje com perfis em redes sociais é praticamente impossível uma agência de turismo não dar retorno ou assistência aos seus clientes. No capítulo 5, o foco é o desenvolvimento do marketing digital para o campo do turismo. O interessante aqui é que eles comparam várias estratégias de marketing. No capítulo final eles dedicam as últimas páginas para o planejamento estratégico do turismo na web e fazem um balanço sobre como conquistar espaço e triunfos com o turismo na rede mundial dos computadores.