Publicado na 1 de outubro de 2010

Foi recomendado por Luciano Marino, no blog Louco, não. Publicitário., nosso livro sobre criação na propaganda impressa:

“No segundo livro de João Vicente Cegato Bertomeu postado aqui no blog, destaco alguns raciocínios que devem interessar aos mais apaixonados por propaganda impressa – como é o caso deste que vos escreve. Para quem ainda não percebeu, o Louco, não. Publicitário é um blog levemente voltado para campanhas impressas – ainda que alguns insistam em afirmar que elas estão agonizando perante as tais mídias on-line.

‘Criação em propaganda impressa’ – assim como“Criação em filmes publicitários” – é indispensável aos novos profissionais de comunicação, e motivos para isso não faltam. Além de apresentar os principais documentos que compõem uma campanha publicitária, detalha com extrema competência todo o processo que uma ideia percorre dentro de uma agência. Para Washington Olivetto, fazer propaganda é tentar inventar algo novo, ou transformar o velho.

Bertomeu destaca ainda que as universidades e faculdades de comunicação preparam o aluno para um mercado que dá ênfase ao profissional com mais experiência em marketing – e não em criação. Por isso, ao invés de ficar preso em conceitos inúteis, o livro tenta demonstrar – na prática – a realidade de um verdadeiro processo criativo, reproduzindo briefing’s, raf’s e layout’s reais de grandes agências do país, como a AlmapBBDO.”

Leia mais no blog Louco, não. Publicitário.
Ou adicione o livro no Skoob.