Isabella Francisca Freitas Gouveia de Vasconcelos e Flávio Carvalho de Vasconcelos (Organizadores)

ISBN-10: 8522108749

ISBN-13: 9788522108749

© 2011

240 Páginas

Preço: R$ 113,90

Depois da publicação, por esta editora, de Paradoxos Organizacionais – Uma Visão Transformacional, surge uma versão totalmente atualizada sobre o assunto: Paradoxos nas Empresas – Múltiplas Perspectivas.

Esta coletânea de textos escritos por diversos autores trata da temática paradoxos e suas interfaces, com discussões que envolvem a sociedade e as empresas. A Parte I traz definições do conceito “paradoxos organizacionais’ segundo diversas correntes e situa a temática paradoxos e mudanças em termos teóricos, apresentando um estudo de caso para análise.

A Parte 2 reúne dois capítulos que apresentam a teoria dos recursos da firma (Resource Based View) e situam essa corrente teórica com relação aos conceitos de paradoxos organizacionais e mudança.

Já a Parte 3 trata dos paradoxos que envolvem a identidade organizacional, a identidade dos indivíduos no trabalho e a identidade do pesquisador. A Parte 4 engloba análises envolvendo a temática paradoxos e sociedade, além de fornecer um panorama sobre a educação popular e a agricultura no semiárido nordestino.

Por fim, na Parte 5 são analisadas as interfaces entre as temáticas paradoxos e os discursos e as práticas de marketing, paradoxos, marketing e inovação e, no ensaio teórico final, paradoxos e o consumo de produtos falsificados.

No site do livro, em www.cengage.com.br, há mais três capítulos adicionais: “O paradoxo entre o discurso e a prática da inovação no setor elétrico”, “Identidade nacional ou estrangeira? Global ou local?” e “A etnografia aplicada à administração e a identidade do pesquisador”, todos de autoria de Isabella Francisca Freitas Gouveia de Vasconcelos.

1. Paradoxos organizacionais e mudança – Múltiplas perspectivas

2. Aprendizagem organizacional em call centers

3. Comprometimento versus mudança

4. O paradoxo entre o discurso e a prática da inovação no setor elétrico

5. Identidade organizacional e identidade no trabalho

6. Identidade “nacional ou estrangeira?”; “global ou local?”

7. A etnografia aplicada à administração e a identidade do pesquisador

8. Ensaio teórico

9. Entre a solidariedade e a modernização

10. O paradoxo entre o discurso de marketing voltado para a visão mercado e as práticas no desenvolvimento de novos produtos

11. O falso paradoxo da “visão produto” versus “visão mercado” e o modelo da inovação aberta (Open Innovation) como solução integradora para a empresa

12. Ensaio final

Destina-se a acadêmicos e estudantes interessados em pesquisas nas áreas de teoria organizacional e gestão de pessoas; constitui-se, também, em material complementar para disciplinas de mestrado profissional e mestrado acadêmico nas áreas de gestão de pessoas, comportamento organizacional, teoria e análise organizacional e mudança organizacional. Recomendado, ainda, para cursos de especialização voltados a executivos nas áreas de gestão do fator humano e gestão de mudança, bem como para executivos e gestores interessados nesses temas.