Última Impressão é a que Fica, A Ver capítulo amostra

Sou professor, tenho interesse

Última Impressão é a que Fica, A

Ano de publicação: 2007
ISBN-13: 9788522105540
No. de páginas: 120
Status: Ativo
Preço: R$ 90.90
  • Descrição
  • Conteúdos
  • Aplicações

Em seu segundo livro pela Cengage, o professor, pesquisador e consultor em comunicação Celso Figueiredo mergulha no inexplorado campo do fecho das mensagens. Traçando um panorama da evolução da redação publicitária, estabelecem-se distinções estratégicas e teóricas para assinaturas de campanha, slogans e bordões. O livro analisa em profundidade quais as funções comunicativas de cada um dos elementos e traça um interessante quadro evolutivo destes. Leitura fundamental para redatores e estudantes de publicidade que buscam aumentar a eficiência de suas campanhas publicitárias utilizando as ferramentas certas para cada necessidade de comunicação, o livro mostra que, ao contrário do ditado, a última impressão é a que fica.

Aplicações não constam na aba Aplicações Texts. Segue texto: Indicado para redatores e estudantes de publicidade que buscam aumentar a eficiência de suas campanhas publicitárias utilizando as ferramentas certas para cada necessidade de comunicação.

  • Introdução.
  • 1. Histórico.
  • 2. Assinatura de Campanha.
  • 3. Slogan.
  • 4. Bordão.
  • 5. Comparativo entre os Modos de Fechar um Anúncio.
  • Bibliografia.

ARTIGOS DE INTERESSE

O corpo docente deve se preocupar com a retenção de alunos?

Nossos alunos estão ansiosos: Devemos ajudar?

Conheça o selo editorial Milady para beleza, cosmética e bem-estar

Aprendendo sobre alunos adultos

Introdução à aprendizagem ativa [e-book]

5 maneiras de ajudar os alunos a superar a ansiedade tecnológica

ARTIGOS DE INTERESSE

O corpo docente deve se preocupar com a retenção de alunos?

Nossos alunos estão ansiosos: Devemos ajudar?

Conheça o selo editorial Milady para beleza, cosmética e bem-estar

Aprendendo sobre alunos adultos

Introdução à aprendizagem ativa [e-book]

5 maneiras de ajudar os alunos a superar a ansiedade tecnológica